O e-mail marketing é tema cada vez mais comum quando se fala de web, porém, qual a importância e utilidade desse recurso? É relevante para o webjornalismo?

Paulo Kendzerski, no livro Web Marketing e Comunicação Digital (2ª edição - 2009), diz que o recurso pode ser utilizado - por exemplo, para divulgar produtos e serviços, desenvolver ou aprimorar relacionamento com clientes [ e leitores ].

Logo, veja bem, estamos diante de um dos recursos mais extraordinário da web. Se você parar para analisar, vai perceber que alguns webjornais já disponibilizam newsletters e, com isso, passam a criar uma lista de contatos. Portanto, caso seja o objetivo, o veículo de comunicação poderá fazer uso do e-mail marketing para divulgar produtos ou serviços.

Na prática, imaginemos que você - ao final dessa leitura, vai cadastrar seu e-mail na newsletter para tornar-se um leitor privilegiado do blog. Imagine também que 100 pessoas fazem isso diariamente. Pela lógica, em 30 dias, seriam 3mil leitores cadastrados.

Agora, digamos que eu envie um e-mail com link de afiliado (que vai me pagar uma comissão por cada venda) indicando uma promoção - por exemplo, da Livraria Cultura. Pronto, estou fazendo e-mail marketing. Porém, para ser ágil é preciso contratar um serviço exclusivo para esse fim.

A ação, além de ser considerada e-mail marketing, pode gerar uma boa taxa de conversão (venda) e aprimora o relacionamento com os leitores cadastrados na newsletter. Afinal, eles estão recebendo uma oferta exclusiva e todos nós gostamos de exclusividade. Se for um jornalista, aí é que uma exclusiva é importante! (risos)

No caso de quem quer fazer uso do e-mail marketing para vender produtos, é preciso cuidado. Nem todos gostam de ficar recebendo inúmeras ofertas por e-mail.

Para concluir, destaco a pesquisa da WBI Brasil. Segundo o estudo, 77% das empresas desenvolvem ações de relacionamento e comunicação com seu público via e-mail marketing, um incremento de 25,18% se comparado ao índice de 51,82% apurado na pesquisa de 2003. Ações promocionais são realizadas por 71,50% das empresas. A pesquisa é de 2009.

Portanto, o e-mail marketing tem relevância indiscutível e também deve receber uma atenção por parte de webjornais.










Comentários: