13 de agosto de 2014



Já imaginou votar pela internet? Esqueça. Se no dia da eleição 2014 você estiver fora do município de origem e quiser votar, a solução é o voto em trânsito.

A modalidade permite que você vote para presidente e vice-presidente em qualquer capital do Brasil e, neste ano, nos municípios com mais de 200 mil habitantes (92 cidades). No entanto, a próxima quinta-feira (21/08) é o prazo final para quem deseja solicitar esse direito.

Procedimento
Para ter a autorização, basta buscar qualquer cartório eleitoral e informar o local que pretende votar. Porém, é preciso que a seção destinada à recepção dessa modalidade de voto tenha no mínimo 50 eleitores para que o pedido não seja cancelado e você tenha que justificar ausência ou votar na seção de origem.

Alerta
A habilitação para o voto em trânsito é realizada mediante a apresentação de documento oficial com foto e será admitida apenas para os eleitores que estiverem com situação regular no cadastro eleitoral.

No caso de você ter dúvida sobre sua situação, veja como emitir certidão de quitação eleitoral.

E votar pela internet?
Já disse, esqueça. De acordo com Giuseppe Janino - secretário de Tecnologia da Informação (TI) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), só a votação presencial garante segurança ao eleitor. 

“Para se garantir o sigilo do voto [artigo 14 da Constituição Federal] e a não coação do eleitor no ato de votar, somente é possível no modelo presencial em que se configuram hoje as seções eleitorais: local com uma cabina indevassável onde se instala a urna eletrônica, sob a vigilância do agente eleitoral, que é o mesário, e sob a fiscalização dos representantes dos partidos”, explica Giuseppe.

*Com informações do TSE








Comentários: