8 de março de 2014



O Papa Francisco fez uma confissão surpreendente durante audiência aos párocos de Roma na última quinta-feira (6). O líder mundial da Igreja Católica disse ter 'roubado' do caixão de um amigo argentino padre a cruz do rosário que ele segurava entre as mãos e que, desde então, sempre a carrega.

A declaração foi amplamente divulgada pelos veículos de comunicação e fez Patrícia Poeta, apresentadora do Jornal Nacional, cometer uma gafe.

Leia também:
+ Mulher acaba com padrão de 40 anos da TV Globo
+ IBOPE revela tendência negativa para TV brasileira
+ Prazo do Imposto de Renda 2014 segue até 30 de abril

Na edição do jornalístico da Globo da quinta-feira (6), a jornalista disse que o Papa havia cometido um dos "sete pecados capitais", quando na verdade ele transgrediu um dos 10 mandamentos, que diz "não roubarás". 

O mal entendido se deu após a veiculação de uma reportagem no Jornal Nacional em que destacou a confissão do Papa.

No entanto, William Bonner, editor-chefe do JN, pediu perdão ao líder da igreja católica e aos telespectadores. "A gente espera que o papa e que você em casa nos perdoe por esse erro", disse Bonner.

O episódio deixa uma lição, jornalista também precisa ler a bíblia.

*Com informações dos sites OPovo e G1







Comentários: