18 de fevereiro de 2014



Revisão do FGTS - A decisão do juiz Diego Viegas Veras, no início de 2014, abriu brecha para que mais de dois milhões de trabalhadores ingressassem na justiça com pedidos de revisão de FGTS.

+ Juiz pede à CEF que FGTS seja corrigido pelo IPCA-E

A regra é simples, quem teve carteira assinada em algum período desde 1999 pode entrar na justiça contra a Caixa Econômica Federal solicitando a revisão do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. No entanto, acionar a justiça não significa que o pedido será aceito. Mas, se você deseja tentar, veja como proceder.


Como entrar na justiça para pedir revisão do FGTS 
Para ingressar com a ação, providencie os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência, extrato analítico do FGTS do período de 01/1999 em diante, retirado na Caixa Econômica Federal.

O pedido pode ser feito com ou sem advogado nos juizados especiais federais, entretanto, como o tema ainda é controvertido, a recomendação é buscar a ajuda de um advogado para garantir mais segurança e o acompanhamento processual.







Comentários: