26 de janeiro de 2014



O Facebook deu US$ 33,5 mil (cerca de R$ 80 mil) para o brasileiro Reginaldo José da Silva Filho, 27, morador de São José dos Campos (SP).

O anúncio foi feito pela própria rede social na última quarta-feira (22). O jovem paulista também já ganhou dinheiro do Google. De acordo com ele, "foi uma recompensa de US $ 500".

Leia também:
+ Sincronização obrigatória 765cc é vírus em nomo do Banco Itaú
+ Faça um teste e descubra quanto tempo da sua vida já foi gasto no Facebook
+ Como evitar marcação de fotos no Facebook
+ Golpe da 'mensagem premiada' continua sendo aplicado

A proeza de Reginaldo Silva acabou sendo destaque em grandes sites brasileiros como, por exemplo, Folha de S. Paulo e Tech Tudo.


A história sobre como Reginaldo ganhou esse valor do Facebook é contada por ele mesmo em uma página na internet. Segundo relato do jovem tudo começou há cerca de 2 anos atrás.

Reginaldo Silva
 "22 de setembro de 2012 foi um dia muito especial para mim. Além disso, e mais importante, eu começo a me gabar ... eu quebrei no Facebook Bom, não é?", revela o jovem, natural de Uberaba (MG), ao mesmo tempo em que brinca com a conquista. 

Ao falar sobre como convenceu o Facebook a pagá-lo, ele revela que nem acreditava se a solicitação seria aceita. "Eu não tenho muita experiência com a equipe de segurança no Facebook e não sabia se o meu bug seria considerado execução remota de código ou não", explicou.

Reginaldo Silva é formado em engenharia da computação no ITA (Instituto Tecnológico da Aeronáutica) e faturou a grana após invadir servidores do Facebook, que recompensa usuários que avisam sobre bugs. 

Em comunicado, o Facebook elogiou e afirmou pagar a maior recompensa para um "caçador de erros de cibersegurança".


O engenheiro brasileiro Reginaldo José da Silva Filho, também é mestre em Ciência da Computação pela mesma instituição em que se graduou.





Comentários: