12 de novembro de 2013



A The Week, revista britânica, divulgou uma pesquisa revelando o Top 10 das carreiras preferidas pelos psicopatas. Surpreendente ou não, o jornalismo aparece como a 6ª profissão mais desejada pelos ‘malucos’. E uma pesquisa (minha mesmo) mostrou-me que algumas redações podem está cheias de profissionais 'insanos'.

Segundo a pesquisa, os desvairados do juízo [risos], sentem-se atraídos pela área jornalística porque os “profissas” deixam os sentimentos de lado na hora da ‘tomada de decisão’. E, aproveitando, completo dizendo que jornalista deixa é tudo de lado! É um verdadeiro ‘psicopata da informação’.

Leia também:
+ Jornalismo: Sonho ou pesadelo
+ Você já pensou em abandonar o jornalismo
+ 10 melhores sites de notícias do Brasil
Capa meramente ilustrativa, não é a edição que apresenta a pesquisa

Aqui eu estou dando uma aliviada, mas o Terra noticiou a publicação da pesquisa dizendo que “a maior quantidade de psicopatas está entre os presidentes das grandes empresas, advogados, seguidos pelos profissionais da mídia e jornalistas”. No entanto, destacou que “trabalhar com profissionais dessas áreas não significa correr risco de vida”. É mais fácil correr risco de morte [risos] ou de sentir o verdadeiro “puxão de tapete”!

Estou levando a coisa na brincadeira, mas é verdade. A maior quantidade de psicopatas está dentro das principais redações jornalísticas espalhadas pelo mundo. E o pior, esses ‘loucos’ acabam se camuflando e dificultando que os identifiquemos.

Na matéria Você trabalha com um psicopata? Reconheça os sinais e evite problemas, publicada pelo Terra, a psicóloga Míriam adverte que é possível uma pessoa conviver com um psicopata sem perceber. "Eles são carismáticos, inteligentes, manipuladores e mentem sem o menor constrangimento. Uma pessoa pode conviver anos com um psicopata sem se dar conta disso", explica a psicóloga Miriam Barros, especialista em coaching.

Característica marcante nos psicopatas
Eles provocam piedade nas pessoas. Fazem um jogo no qual todos são levados a sentir pena deles. É uma forma de manipulação que apela para a solidariedade. São autoconfiantes e arrogantes em excesso.

A péssima notícia é que os psicopatas não têm cura e nem podem ser reabilitados. A prova é que nunca ouvi falar em ex-jornalista [risos]!

2 fortes características de um jornalista psicopata
Ainda tendo como base conteúdo do Portal Terra, existem duas características que contribuem para a identificação de um psicopata, são elas;

- Assume o crédito pelo trabalho desempenhado por outra pessoa;
- e invade a privacidade de outros vasculhando e-mails, arquivos e conteúdo.

Pronto, agora você está convencido? Caso ainda tenha dúvidas e queira confirmar tudo o que acabei de compartilhar, recomendo que leia as publicações abaixo;

Saiba as características que marcam um psicopata
Você trabalha com um psicopata? Reconheça os sinais e evite problemas


Conclusão
Embora eu tenha feito toda essa brincadeira [espero que você tenha entendido assim], a verdade é que a pesquisa é verídica e, de fato, foi divulgada por grandes meios de comunicação online. A lista completa está disponível em diversos sites como, por exemplo, o Portal Comunique-se.
_____________________________________________________________________

PROFISSÕES PREFERIDAS PELOS PSICOPATAS, SEGUNDO PESQUISA DIVULGADA PELA THE WEEK
  1. Presidente de empresas 
  2. Advogado 
  3. Profissional da mídia (TV/Rádio) 
  4. Vendedor 
  5. Cirurgião 
  6. Jornalista 
  7. Policial 
  8. Líder Religioso 
  9. Chef 
  10. Funcionário Público 
______________________________________________________________
No entanto, embora eu tenha feito toda essa brincadeirinha, vale ressaltar que o psicólogo Kevin Dutton afirma que adotar algumas características de psicopatas pode ser útil no trabalho. Para Dutton, nenhuma dessas características é um problema por si só. O perigo ocorre quando "todos esses traços ficam muito pronunciados, gerando disfunções".

Finalizando, Dutton diz que "psicopatas, por exemplo, tendem a não adiar tarefas ou levar os problemas profissionais para o campo pessoal, além de não exigirem tanto de si mesmo quando as coisas dão errado".

* Com informações do Terra






Comentários: