25 de novembro de 2013

O que faz um jornalista?

O jornalista é o profissional que apura dados sobre determinado acontecimento e os transmite para seu público com uma linguagem simples e objetiva. Porém, prezando pela norma culta.

As obrigações básicas de uma pessoa que queira seguir a profissão de jornalista é coletar, interpretar e contextualizar uma informação.

Leia também:
+ Garoto de 12 anos é considerado jornalista no Ceará
+ Profissão de jornalista é classificada como a pior do mundo
+ Pesquisa revela que jornalismo é profissão preferida pelos psicopatas
+ Pesquisa revela perfil do jornalista brasileiro

Entre as muitas atribuições, destacam-se redigir textos, organizar pautas, editar matérias, planejar e executar coberturas jornalísticas e realizar entrevistas. As novas diretrizes do curso de jornalista diz que o profissional deve saber:

- contextualizar, interpretar e explicar informações relevantes da atualidade, agregando-lhes elementos de elucidação necessários à compreensão da realidade;
- perseguir elevado grau de precisão no registro e na interpretação dos fatos noticiáveis;
- propor, planejar, executar e avaliar projetos na área de jornalismo;
- organizar pautas e planejar coberturas jornalísticas;
- formular questões e conduzir entrevistas;
- adotar critérios de rigor e independência na seleção das fontes e no relacionamento profissional com elas, tendo em vista o princípio da pluralidade, o favorecimento do debate, o aprofundamento da investigação e a garantia social da veracidade;
- dominar metodologias jornalísticas de apuração, depuração, aferição, além das de produzir, editar e difundir;
- conhecer conceitos e dominar técnicas dos gêneros jornalísticos;
- produzir enunciados jornalísticos com clareza, rigor e correção e ser capaz de editá-los em espaços e períodos de tempo limitados;
- traduzir em linguagem jornalística, preservando-os, conteúdos originalmente formulados em linguagens técnico-científicas, mas cuja relevância social justifique e/ou exija disseminação não especializada;
- elaborar, coordenar e executar projetos editoriais de cunho jornalístico para diferentes tipos de instituições e públicos;
- elaborar, coordenar e executar projetos de assessoria jornalística a instituições legalmente constituídas de qualquer natureza, assim como projetos de jornalismo em comunicação comunitária, estratégica ou corporativa;
- compreender, dominar e gerir processos de produção jornalística, bem como ser capaz de aperfeiçoá-los pela inovação e pelo exercício do raciocínio crítico;
- dominar linguagens midiáticas e formatos discursivos, utilizados nos processos de produção jornalística nos diferentes meios e modalidades tecnológicas de comunicação;
- dominar o instrumental tecnológico – hardware e software – utilizado na produção jornalística;
- avaliar criticamente produtos e práticas jornalísticas.

No entanto, vamos conhecer um pouco mais sobre mercado de trabalho, áreas de atuação, salários e outros detalhes sobre essa profissão.


Mercado de Trabalho
Embora muitos digam que o mercado vive um momento ruim, penso o contrário. Diante do fenômeno que é a web, qualquer pessoa pode ser empreendedora. Já imaginou criar um portal de notícias da sua região? A internet abre essa possibilidade.

No entanto, se você quer mesmo é trabalhar em um veículo de comunicação, vá em frente. A dica é que você busque ir por uma área carente como jornalismo econômico. 

Salário de Jornalista
Essa parte não é muito boa. Baseando-me pela pesquisa sobre o perfil do jornalista brasileiro, digo-lhe que os salários são baixos. Alguns ganham cinco salários mínimos para uma jornada de trabalho superior a 8hs por dia. 

Áreas de Atuação 
Um profissional do jornalismo pode atuar em diversas áreas, entre elas;

- Jornal
- Revista
- TV
- Rádio
- Internet
- Comunicação corporativa

Conclusão 
O jornalismo é uma área fascinante, porém se você não gosta de escrever e busca apenas ganhar dinheiro, desista. Muitos dizem que para ser jornalista é preciso vocação. Então, descubra se você tem!

O Guia do Estudante disponibiliza um vídeo super bacana, veja:






Fontes:



Newsletter

Receba conteúdo de forma personalizada.




Epifanio Santos: Locutor, quase formou-se em jornalismo. Também tentou formação em Letras-Português, mas, até agora, não conseguiu chegar ao final de nenhuma graduação. Hoje dedica-se à família, desenvolve projetos na web e trabalha na Educompany, em Teresina (PI).

2 comentários :

  1. Estou com 50 anos de idade, mesmo assim, estou terminando o curso de jornalismo na ULBRA. Tenho assistido à todas às aulas, com isso estou adquirindo ainda mais experiência. Ótimas matérias. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Olá, Israel!

      Obrigado pelas palavras. Amigão, eu só tenho 27 anos, mas sempre ouço os mais velhos dizendo que nunca é tarde! Então, vamos pra luta!

      Um grande abraço e sucesso para você!

      Excluir