15 de novembro de 2013



A Cruz Vermelha Brasileira lançou uma campanha de doação para as vítimas do Tufão nas Filipinas. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) é preciso arrecadar 301 milhões de dólares em ajuda para as vítimas do tufão.

Porém, é preciso cuidado na hora das doações. Criminosos estão aplicando golpes pela internet. Diante disso, resolvi criar esse post orientando sobre "Doações Seguras".

Uma conta foi disponibilizada pela Cruz Vermelha para doações, o que facilita a ajuda no país afetado, já que o transporte de doações é demorado e não depende só do deslocamento e sim de toda uma infraestrutura de logística no envio e recebimento de donativos.



Oficialmente, o tufão deixou até o momento 1 744 mortos no país, mas estimativas apontam que o total pode chegar a 10 000. Além disso, 10 milhões de filipinos foram afetados e 660 000 estão desabrigados.

Os interessados em ajudar, devem fazer suas doações para:

Caixa Econômica Federal
  • Agência: 2912
  • Conta: 2000 - 0
Leia mais: http://cruzvermelha.org.br/

Facebook também pede ajuda para as vítimas do tufão
O Facebook se uniu à Cruz Vermelha na arrecadação de fundos para ajudar as vítimas do tufão nas Filipinas. 

Logo que o internauta faz login na rede social aparece uma mensagem sugerindo que você doe R$ 5,00. Para fazer sua doação, basta continuar o processo.

Veja;


Outras instituições juntaram-se à campanha
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) também disponibiliza uma conta para quem quiser enviar um valor.

Para fazer a doação, basta acessar o site www.unicef.org.br, ligar gratuitamente em horário comercial para 0800-605-2020 ou fazer um depósito:

Banco Bradesco
Agência 3416-9
Conta Corrente 142.700-8.

Além da UNICEF, Cruz Vermelha e Facebook outras instituições sérias abraçaram a causa, veja a lista;

ONG All Hands
Médicos Sem Fronteiras 
Ivolunteer
Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas
NROC

Cuidado com golpes de "Falsas Doações" aplicados na internet
Infelizmente existem indivíduos se aproveitando da situação e aplicando golpes pela internet, então tenha cuidado. Criminosos virtuais estão enviando e-mails fraudulentos com pedidos falsos de doação para ajudar as vítimas da tragédia.

No golpe, os pedidos para doação vêm de fontes desconhecidas e tentam sensibilizar usuários da rede com textos em inglês e apelos globais.

Através de e-mail, uma pessoa se apresenta como sendo um repórter internacional chamado Andrew Stevens. O susposto jornalista diz estar arrecadando fundos para contribuir com o povo das Filipinas e pede que os interessados em ajudar respondam o e-mail para receber todos os detalhes da transferência feita pelo Western Union, sistema internacional de transferências.

Como reconhecer o golpe
1. Cuidado ao abrir qualquer tipo de e-mail não solicitado com nome "HELP PHILIPPINES";
2. Verifique a autenticidade da organização para a qual será efetuada a doação;
3. Não responda e-mails que exijam dados pessoais e confidenciais.

Fontes:
Cruz Vermelha:Cruz Vermelha lança campanha para ajudar vítimas de tufão nas Filipinas
TechTudo:Supertufão das Filipinas é usado em golpes na Internet para falsas doações
Veja:ONU pede 301 milhões de dólares em ajuda para Filipinas






Comentários: