23 de julho de 2013



O clipping ou clipagem é uma ferramenta estratégica de assessoria de imprensa. Refere-se ao monitoramento e seleção de notícias, independente do meio de comunicação. A atividade pode beneficiar pessoas comuns, empresas, políticos, governos ou qualquer cidadão que busque saber o que a mídia anda falando sobre determinado assunto ou tema. Resumindo, é uma verdadeira garimpada de notícias!

Em jornais impressos o monitoramento começa com a leitura minuciosa de cada exemplar em busca de citações que interessem a quem solicitou o clipping. Após identificá-las, faz-se o recorte e cola-se em uma folha padronizada com data e demais detalhes como, por exemplo, informações sobre o veículo de comunicação. O resultado final é encaminhado para conhecimento dos interessados.

Leia também:
+ O que é furo no jornalismo
+ O que é escalada no jornalismo
+ O que é uma nota no jornalismo
+ O que é pirâmide invertida no jornalismo
+ O que é gancho no jornalismo
+ O que é pauta jornalística
+ O que é lide ou lead no jornalismo

Qual a definição padrão para clipping ou clipagem?
Segundo material da Escola Superior de Relações Públicas (ESURP) do Recife (PE), clipping é a seleção de todo o noticiário sobre o cliente ou assuntos de seu interesse, veiculado na mídia impressa (jornais e revistas), eletrônica (TVs e rádio) ou digital (agências e sites de notícias).

O que significa "clipping"?
Essa palavra inglesa significa "corte" ou "recorte".

E o que falar de clipagem?
Apenas um aportuguesamento. É o mesmo que acontece com twitter, costumeiramente chamado de tuiter e suas variantes: tuitar, tuitador, etc.

Quais as vantagens do clipping ou clipagem no jornalismo
Uma boa garimpada [clipping] pode resultar em um levantamento que viabiliza a análise qualitativa do que é publicado sobre a empresa; possibilita um acompanhamento de mercados de interesse; facilita o monitoramento das ações da concorrência; poder ser utilizado para a geração de negócios, além de apresentar outros resultados positivos.

Para continuar aprendendo sobre clipagem no jornalismo, leia a apostila "O clipping como ferramenta estratégica de assessoria de imprensa", da ESURP.

*Imagem retirada do site www.expatt.com.br






Comentários: