10 de junho de 2013



Estudantes de jornalismo aprendem desde cedo o passo a passo de como redigir uma notícia. Durante esse processo, aprendemos que um texto jornalístico deve ser no formato de pirâmide invertida.

Além disso, somos ensinados que o primeiro parágrafo, definido como lead, deve apresentar um resumo do acontecimento. É nesse momento que precisamos das respostas às 6 perguntas que ajudam qualquer repórter. São elas que nos auxiliam na hora da produção de um bom lead.

Segundo a regra, o lead deve buscar respostas para as seguintes perguntas;
"quem", "o quê", "onde", "quando","por quê"e "como"
Abaixo destaco o passo-a-passo;

— o quê (o que aconteceu, está ou vai acontecer)

— quem (os agentes da ação)

— quando (dia da semana e do mês, horas)

— onde (o local do acontecimento)

— como (as circunstâncias)

— porquê (os motivos e as razões)

O "como" e o "porquê" — por vezes, com o sentido de "para quê" — são normalmente difíceis de resumir em poucas palavras, justificando-se o seu desenvolvimento no corpo do texto.

O "quando" e o "onde" devem ser omitidos nos casos óbvios: em Portugal, agora, actualmente. No "onde", se o local for pouco conhecido, deve ser acrescentada uma precisão: "A população de Barbacena, a 17 quilómetros de Elvas" ou "Um DC-10, da companhia francesa UTA, caiu ontem à noite no deserto sariano de Tenerée (Chade), com 171 pessoas a bordo".

São essas seis perguntas que nos ajudam a construir um bom texto jornalístico com informações básicas sobre determinado acontecimento. Então, vamos buscar aprender sobre as técnicas do jornalismo. Mas, não esqueça que essa busca por conhecimento não pode ser refletida apenas através de boas notas, mas através da assimilação dos dois tipos de conhecimento; explícito e tácito.

O explícito é através da leitura dos principais livros sobre jornalismo, manuais de redação ou apostilas que abordam sobre o assunto. Já o conhecimento tácito, necessita da prática.
Portanto, vamos nos tornar mestres no básico pra depois apresentarmos algo excepcional.

Recomendo que você continue aprendendo sobre perguntas básicas do jornalismo através desse material da PUC - RIO;

Um abraço...







Comentários: