O Twitter é uma das maiores redes de informação. Celebridades, empresas, governos e pessoas comuns pegam carona nas asas desse passarinho azul! No entanto, há quem diga que odeia essa ferramenta. 

Eu, ao contrário, considero-a de grande importância, principalmente, pra jornalistas. Só que nem todos pensam assim, de modo que alguns criam contas, mas em pouco tempo pulam fora. Outros nem se arriscam a conhecer e quando assim o fazem, desistem diante do primeiro obstáculo. 

Conclusão: o desconhecimento das potencialidades dessa rede acaba sendo o vilão! Então, apresento 5 motivos pra jornalistas utilizarem melhor o Twitter.

Utilize-o como um outdoor e exponha o seu trabalho
Perfil do blog no Twitter

Engraçado, mas não sabemos usar Facebook e nem Twitter! Às vezes ou quase sempre estamos compartilhando bobagens [imagens, scripts, frases e pensamentos fúteis] que não contribuem em absolutamente nada na construção de um forte perfil profissional.

Há quem me recrimine dizendo que é uma rede social e não profissional, por isso faz o que quiser. Completando, tem sempre o(a) desaforado(a) que diz: o perfil é meu e ninguém tem nada a ver [comportamento que se enquadra perfeitamente na descrição que fiz agorinha].

O fato é que pra tirar vantagem de alguma coisa ou produto, precisamos utilizá-la de forma otimizada. Então, pela característica da nossa profissão, é possível que a gente consiga ser referência entre pessoas interessadas por assuntos específicos, ganhar reputação e evidência profissional. Mas, pra que seja possível, passe a utilizar o twitter como um outdoor do seu trabalho.

Tenha-o como uma sala de aula e aprenda a ser conciso 
Uma das coisas que atraem pessoas ao Twitter é a rapidez em que notícias são disseminadas. Além disso, a concisão é ingrediente indispensável nesse corre-corre danado de nossas vidas. Assim, temos outra vantagem importante; treinar o nosso poder de ser conciso ao transmitir uma notícia. A disponibilização de apenas 140 caracteres para redigir seu pensamento, ou seja lá o que for, representa uma oportunidade contínua de exercício de concisão. Uma sala de aula e tanto!!!!

Tenha-o como auxilio para encontrar fontes pra suas matérias
Já pensou nisso? Recentemente percebi uma jornalista solicitando uma informação para que pudesse desenvolver uma pauta fria. Em outra oportunidade um apresentador solicitou sugestões para o seu programa. 

Atitudes como essas mostram que cultivar um número razoável de seguidores poderá ser útil no desempenho de nossa atividade. Pois, mais cedo ou mais tarde, vamos pedir ajuda a essas pessoas para debater assuntos, levantar pontos de vista diferentes e também para encontrar melhores fontes. 

Utilize-o para fazer novas amizades com profissionais de jornalismo ou comunicação
O Twitter é ótimo pra que possamos encontrar colegas de profissão e tentar algum contato. Afinal, quem não é visto, é esquecido [essa é minha versão pro ditado, risos].

Não sei se você sabe, mas existem alguns aplicativos interessantes pra jornalistas e pessoas ligadas ao assunto. 

O primeiro é o MuckRack, um aplicativo que reúne jornalistas que usam o Twitter. 



Um segundo é o MediaOnTwitter. Aplicativo que faz o mesmo com profissionais da comunicação. 


O grande detalhe é esses serviços atendem prioritariamente o público norte-americano e europeu. Mas, como jornalista bom fala inglês [não é o meu caso, risos], você vai tirar de letra!

Espero que tenha gostado dessa postagem criada a partir da leitura que fiz do guia sobre o twitter!

Recomendo que você leia também:
  1. Guia prático sobre tudo o que você precisa saber sobre twitter
  2. Seja um estudante em busca de conhecimento explícito e tácito
  3. Descubra 3 coisas que todo estudante de jornalismo deve saber






Comentários: