28 de maio de 2013



Em evento realizado em Teresina (PI), eu pude apreciar uma palestra, ou melhor duas; uma com Evanildo Bechara, gramático, e outra com Marcos Bagno, linguístico e escritor brasileiro. Estudiosos fantásticos!

Não consigo lembrar quem disse, mas um deles foi enfático ao afirmar que "precisamos ser mestres no básico para, só depois apresentarmos algo excepcional". O máximo, sem comentários companheiro! Eu já acreditava nisso e agora, pronto, completou. Naquele momento uma satisfação muito grande invadiu meu peito. Não que eu seja mestre no básico, mas por tentar.

E, sinceramente, acredito que esse deve ser o pensamento de todos nós. Afinal é assim que acontece com a dona de casa. Ela primeiro aprende o feijão com arroz pra depois apresentar ao marido outros pratos mais finos. Então, vamos aprender com a dona de casa!

Na culinária brasileira, o feijão com arroz é um prato simples de ser feito. Por ser muito comum e usual, ele acaba recebendo - linguisticamente - outras conotações como, por exemplo, algo corriqueiro. Logo, no jornalismo, digo que o feijão com arroz é redigir uma matéria com informações básicas, ou seja, respondendo as perguntas do lead. E, claro, não podemos nos esquecer de buscar uma escrita direta e objetiva - sem erros ortográficos. Algo tão corriqueiro na vida de qualquer jornalista [os erros ou a busca pela escrita correta, risos] quanto preparar um feijão com arroz! Porém, nem todos aprendem a receita.

Às vezes ao sair navegando por alguns portais de notícias, em especial, pelos blogs de cidades, percebo matérias incompletas e mal redigidas. Então, para que futuramente [no meu caso, já recebo críticas aqui mesmo] não sejamos os próximos a receber críticas, vamos aprender o feijão com arroz do jornalismo.

Aprender a escrever uma matéria básica é algo que depende de você. Eu, por exemplo, tenho minhas dificuldades e para superá-las criei esse blog. Tenho redigido alguns textos, dicas e compartilhado minhas experiências [nem que sejam fuleiras, risos]. Além disso, busco aperfeiçoar minha redação jornalística através da prática. Sim, fico praticando.

Uma outra forma de aprender o feijão com arroz é ler jornal. A leitura é algo que só contribui com o nosso aprendizado. Então vamos ler e escrever cada vez mais! Além disso, a produção de matérias frias é uma ótima oportunidade para o nosso aprendizado.





Comentários: