24 de fevereiro de 2013



O livro "Jornalismo 2.0, como sobreviver e prosperar" é leitura obrigatória para estudantes de jornalismo e profissionais. Nessa postagem eu falo um pouco do porquê que devemos aprender sobre jornalismo 2.0.

Além disso, já compartilhei um pouco do que aprendi sobre produção de conteúdo para web através do texto "técnicas de SEO aplicáveis ao webjornalismo".

Leia também:
+ 15 modelos para currículo profissional de sucesso
+ O que é uma nota no jornalismo
+ 12 dicas para escrever uma matéria impecável
+ 1.000 livros de jornalismo para download

Introdução
Vivemos em um período em que as novas tecnologias avançam rapidamente e tomam conta das redações dos principais jornais.Todo esse processo provoca o surgimento de uma ação denominada de complementaridade - também chamada de convergência.

Alguns especialistas andam dizendo - desde o final de 2012 - que o jornal impresso deixará de existir diante do avanço da internet. Se essas afirmações se concretizarão, só o tempo dirá. O que não podemos deixar de observar é que a profecia começa a ter sentido quando vemos jornais como o Jornal do Brasil, migrando completamente para a internet.

A notícia já não é privilégio só do impresso ou televisão
A verdade é que o leitor, ouvinte ou telespectador, nunca antes teve tanta participação na produção da notícia. O que era privilégio da televisão ou jornal impresso, agora toma conta de múltiplas facetas. Sim, a notícia pode ser lida, ouvida ou assistida pela internet, televisão, rádio (...) e você pode acessá-la no computador, notebook, smartphone, tablet, além de muitos outros aplicativos e redes sociais como, por exemplo, Twitter, Facebook ou Google Plus.

Redes sociais que ajudam a tornar mais fácil e mais dinâmica a disseminação do fato jornalístico, uma prova real da força do webjornalismo ou, ainda mais, da convergência midiática.

O assunto, de tão oportuno, merece ser aprofundado através de uma leitura obrigatória
A discussão é interessante e levanta inúmeras opiniões. No entanto, diante de todo esse processo de transformação - evolução, convergência midiática, jornalismo 2.0 ou seja lá como queira chamar - o fato é que jornalistas precisam dominar essa nova forma de fazer jornalismo. Sendo assim, indico a leitura do livro Jornalimo 2.0 - Como sobreviver e prosperar.

O livro Jornalismo 2.0 – Como sobreviver e prosperar – é um projeto do Instituto de Jornalismo Interativo (J-Lab) dos Estados Unidos, cuja distribuição é gratuita na versão PDF.

Tópico: Ferramentas Foca





Comentários: